Terça, 23 de Julho de 2024
AtendimentoSeg - Sex | 08:00h - 18:00h
bt_parceiros

A ICSI — Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides. Entrevistamos Perla Fleury para nos explicar tudo sobre o assunto. Parte 2

A ICSI — Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides. Entrevistamos Perla Fleury para nos explicar tudo sobre o assunto. Parte 2
Em quais casos é indicado a ICSI?
- Éguas com problemas uterinos;
- Éguas velhas;
- Éguas que não vem produzindo embriões na IA ou coleta;
- Sêmen de baixa qualidade;
- Sêmen com pouca disponibilidade de palhetas
- Interesse do criador em ter um banco genético de suas principais éguas, uma vez que o embrião produzido por ICSI pode ser congelado.

Como essa técnica pode auxiliar no melhoramento genético da raça Mangalarga Marchador?
Como em qualquer raça, sabemos que algumas éguas ou alguns cavalos são realmente formadores de plantel. E como qualquer biotecnologia que vem para amparar e solucionar desafios, a ICSI vem para contribuir neste aspecto de viabilizar acasalamentos idealizados e algumas vezes não factíveis pelos métodos convencionais. A ICSI vem para complementar as demais biotecnologias.
Quais desafios ainda impedem a difusão dessa tecnologia?
É uma tecnologia que está se difundindo rapidamente e creio que tem mais fatores a favor da difusão do que desafios. O que certamente se faz necessário é a capacitação de mais médicos veterinários para a técnica de aspiração folicular. Por isso também, a In Vitro recebe frequentemente colegas interessados neste aprendizado.  O serviço de aspiração folicular já faz parte do novo mundo do médico veterinário.

Quais fatores afetam o resultado da ICSI?
Vários fatores, mas entre os mais impactantes estão: o bom controle reprodutivo pelo veterinário que acompanha a reprodução do haras, a idade da doadora (resultados caem consideravelmente após os 21 anos), efeito do cavalo (e ai não necessariamente esta relacionado a qualidade do sêmen, mas a um efeito individual), estado nutricional da doadora, presença de algum quadro de dor crônica, efeito individual da égua (a
semelhança do efeito garanhão, algumas éguas são melhores convertoras de oócitos em embriões do que outras). Além destes fatores, sabemos que toda qualidade do processo técnico é fundamental
para um bom resultado, desde o campo, até o processo dentro do laboratório, com atenção aos detalhes de cada etapa.

Como você imagina o cenário futuro da ICSI no MM?
O MM é uma raça a frente do tempo. Historicamente sempre foi!
Costumo dizer que temos duas maneiras de encaramos o futuro – podemos reagir a ele ou podemos pertencer a ele.
A raça MM se prepara para o futuro e por isso pertence a ele. Enxergamos isso, no rápido entendimento das vantagens e adoção da técnica pelos grandes selecionadores genéticos.

19/09/2023

Contato

Rua Urâno, 145 - Andar Subsolo 1
Bairro Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG
CEP: 30.350-580

Tel: (31) 9511-0027
Email: contato@grupoconfianca.digital